Três cientistas da UENF estão entre os mais influentes do mundo

Dentre os cerca de 800 cientistas brasileiros considerados os mais influentes do mundo, três são da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), sediada em Campos dos Goytacaezs (RJ): Raimundo Braz Filho, Leandro Rabello Monteiro e Luciano Pasqualoto Canellas. O ranking é o resultado de um estudo feito pela Public Library of Science Biology (PLOS Biology), editora sem fins lucrativos dos Estados Unidos, focada em publicações de livre-acesso nas áreas de ciência, medicina e tecnologia.

Lotado no Laboratório de Ciências Ambientais (LCA), Leandro observa que o banco de dados publicado na revista PLos Biology contém um ranking de 100 mil pesquisadores de todas as áreas, de acordo com critérios que levam em consideração o número de referências obtidas pelos trabalhos publicados, excluindo as autocitações, e dando maior peso de acordo com a posição dos autores (autor único, primeiro ou último), que pode ser usada como uma indicação de que o pesquisador é o real responsável pelo trabalho.

Para ele, a menção no ranking “mostra um reconhecimento internacional por um trabalho realizado com dedicação, buscando sempre a excelência na pesquisa e na qualidade dos trabalhos. Infelizmente, esse reconhecimento internacional nem sempre se reverte em reconhecimento por parte dos órgãos de financiamento, que ainda utilizam métricas ultrapassadas, baseadas em números de trabalhos, sem levar em consideração a relevância e qualidade da produção”.

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Santa Úrsula, mestre e doutor em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Leandro ingressou na UENF em 1999, como professor visitante. De 2008 a 2011, atuou como professor na University of Hull, na Inglaterra, mas acabou voltando à UENF através de novo concurso. Sua área de atuação é a Biologia Evolutiva, com projetos de pesquisa voltados principalmente para a evolução e ecologia de morcegos.

Graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), mestre e doutor em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Luciano ingressou na UENF em 2000, como bolsista Faperj. Desde 2002, é professor associado do Laboratório de Solos (LSOL), atuando na Química do Solo e do Humus, mais especificamente na bioatividade das substâncias húmicas.

“Reconheço que faço uma pesquisa com uma característica bastante peculiar centrada em três aspectos básicos: a interdisciplinaridade usando conceitos de diferentes campos do conhecimento, a interação direta com a agricultura familiar que permite avaliar demandas específicas e a parceria de longa data com um dos melhores cientistas do Brasil, tanto do ponto de vista ético como de conhecimento específico, o professor Fábio Olivares”, disse.
O professor Raimundo Braz Filho ingressou no Laboratório de Ciências Químicas da UENF em 1994, ocupando o cargo de reitor no período de 2003 a 2007. Em abril de 2007, ao completar 70 anos, teve sua aposentadoria compulsória, sendo escolhido para o posto de professor emérito da UENF. Membro da Academia Brasileira de Ciências (ABC), ele é formado em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e doutor em Química Orgânica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

“Além da satisfação pessoal, este evento reafirma a importância da UENF que, como toda universidade pública brasileira, assumiu papel fundamental na realização de pesquisa científica no País, como previra Darcy Ribeiro desde a inauguração da UnB-Brasília-DF, onde iniciei a pós-graduação em 1965”, disse.

A pesquisa foi feita por uma equipe da Universidade de Stanford, liderada pelo médico e cientista John Ioannidis. A metodologia para classificação levou em conta o número de artigos publicados, citações, autocitações, índice de coautoria e contribuições diversas.

Fonte: Ascom UENF

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email