Quissamã vacina idosos de 65 a 69 anos a partir desta segunda-feira

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Quissamã avança com os grupos prioritários nos próximos dias. A partir desta segunda-feira (29), será a vez dos idosos entre 65 a 69 anos receberem a primeira dose da vacina em oito unidades da Estratégia Saúde da Família (ESF).

No primeiro dia, a vacinação vai acontecer na ESF Centro (com a vacina sendo aplicada no Centro de Saúde), às 9h, e ESF Morro Alto, às 13h30. Na terça (30), será a vez da ESF Caxias, às 9h, e ESF Matias, às 13h30. Na quarta (31), ESF Alto Grande, às 9h, e ESF Santa Catarina. às 13h30. A programação da semana segue na quinta (1º), na ESF Barra do Furado, às 9h, e ESF Carmo, às 13h30.

No sábado (27), a Secretaria de Saúde imunizou a população quilombola da faixa etária de 50 a 69 anos na Estratégia Saúde da Família (ESF) de Machadinha. Na comunidade, a equipe de imunização já havia vacinado o grupo de 70 anos e mais em outras etapas.

Para evitar aglomerações em um período de pandemia e com decretos mais restritivos em vigor, a Secretaria de Saúde tem utilizado os dados dos idosos cadastrados nas unidades. Com isso, os agentes comunitários de saúde ligam para os idosos e agendam um horário, não sendo necessário ir à unidade antes de ser avisado pelo agente.

O planejamento da vacinação em Quissamã tem seguido as orientações do Plano Nacional de Imunizações. Na aplicação da segunda dose, no caso da Coronavc, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, o reforço é realizado entre 14 e 28 dias após a primeira dose. Já a Oxford/AstraZeneca tem uma janela de 90 dias entre as doses.

A prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco, assinou adesão ao consórcio da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) para a aquisição de vacinas contra a Covid-19. Desde dezembro do ano passado, o município tem se planejado para comprar a vacina, quando foi assinado um termo de entendimento com o Butantan para adquirir 36 mil doses da Coronavc. Porém, o Ministério da Saúde ficou responsável por toda a distribuição do imunizante.

 

Fonte: Secom/PMQ

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email