Quissamã promove atividade educativa para gestantes na ESF Centro

A Unidade da Estratégia Saúde da Família (ESF) do Centro promoveu, na manhã desta quarta-feira (23), atividade educativa para gestantes, com o tema Alimentação Complementar Saudável. A conversa foi conduzida pela nutricionista Jaqueline Silveira de Freitas e a enfermeira Alessandra Campos, tendo como público-alvo também mães de menores de dois anos. O intuito foi falar sobre a introdução da alimentação saudável após os seis meses de aleitamento materno.

 

“Nós somos o que comemos e as doenças oportunistas não irão manifestar-se caso a criança tenha uma alimentação adequada, composta por legumes, verduras e frutas. Quanto menos alimentos industrializados, melhor para a saúde da criança. É por isso que elas precisam ser estimuladas a experimentarem todos os alimentos saudáveis, pois elas são reflexos dos pais, que precisam dar o exemplo”, afirmou Jaqueline.

 

A alimentação do bebê é iniciada desde a gestação, através da captação dos nutrientes consumidos pela mãe e que são essenciais para o desenvolvimento biológico. Após o nascimento, o alimento já está pronto, na temperatura ideal e com um sentimento afetivo, como explicou a enfermeira Alessandra. Mas, depois dos seis meses, o leite materno já não supre todos os nutrientes, sendo necessária a introdução de alimentar complementar.

 

Essa introdução envolve desde a apresentação e seleção de alimentos naturais e saudáveis, assim como seu valor energético que favoreçam o desenvolvimento do bebê. É preciso ter paciência no momento da alimentação, pois a ansiedade da mãe pode interferir na vida da criança, fazendo com que ela crie hábitos que a acompanharão por toda a vida. “Para dizer que a criança não gosta do alimento, ele precisa ter sido oferecido pelo menos oito vezes”, segundo Jaqueline.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email