Prefeitura apoia investimentos no Aeroporto de Macaé

Welberth diz que a cidade vive um novo processo de desenvolvimento - Foto: André Cabral

A nova etapa de modernização e expansão do Aeroporto de Macaé, com investimentos previstos de R$ 150 milhões, contará com o apoio do governo municipal. O compromisso foi estabelecido pelo prefeito Welberth Rezende junto ao gerente de novos negócios da Zurich na América Latina, Simon Locher, em reunião realizada na quinta-feira (4).

Os investimentos representam o potencial do setor aéreo do município, com perspectiva de ampliar as operações de voos offshore e comercial ao longo dos próximos anos. “Somos parceiros de todos os projetos que garantam avanços e gerem empregos em Macaé. A cidade vive hoje um novo processo de desenvolvimento, com projetos importantes como o novo porto e as usinas termelétricas. O aeroporto é essencial para esta nova fase”, disse o prefeito.

A Zurich realiza estudos que apontam a capacidade do aeroporto de ampliar as operações dos voos offshore, expandir a rota regional de voos comerciais e oferecer suporte à logística de atividades comerciais do município. Essa análise viabiliza os projetos de construção de uma nova pista de pousos e decolagens, assim como um novo terminal, planejamento que faz parte das regras de concessão definidas junto à Agência Nacional da Aviação Civil (Anac).

“Neste ano vamos tomar decisões para investir R$ 150 milhões no aeroporto e precisamos do apoio do poder público e da iniciativa privada, através do setor produtivo de óleo e gás, para viabilizar esses projetos”, destacou Simon.

A agilidade e transparência nos processos de licenciamento, necessários à consolidação dos projetos anunciados pela Zurich, foram garantidas pelos secretários municipais do Ambiente, Rodolfo Coimbra; de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna; e de Políticas Energéticas, Júnior Luna. O consultor técnico da Secretaria Adjunta de Turismo, Léo Anderson, destacou a importância estratégica do aeroporto para o desenvolvimento do setor na cidade.

Porto seco

No encontro, o prefeito Welberth destacou também o potencial do Aeroporto de Macaé para realizar operações de transporte de carga, com base na demanda apresentada pelo mercado de óleo e gás. “Acredito que possamos abrir essa discussão com o Aeroporto junto à cadeia offshore e trazer para Macaé a operação realizada hoje em outras cidades da região”, disse o prefeito.

Para o gestor do Aeroporto de Macaé, Fernando Castro, a iniciativa é viável e será integrada à estratégia de novos projetos da base macaense.

Fonte: Secom/PMM

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email