Município de Campos será pioneiro na implantação do Programa Família na Escola

A secretária nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – ligada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos – Ângela Gandra, estará em Campos na próxima segunda-feira (25) para formalização do Acordo de Cooperação Técnica para implantação do Programa Família na Escola. O programa está sendo implantado de forma pioneira no município, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), vinculado à Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia e à Secretaria Municipal de Saúde.

 

De acordo com o secretário de Educação, Marcelo Feres, a solenidade de assinatura contará com a presença do prefeito Wladimir Garotinho e acontecerá às 14h, no auditório da prefeitura. Em seguida, a comitiva visitará a Escola Municipal 29 de Maio, no bairro Pecuária. “Posteriormente, faremos reunião na sede da Seduct. Na terça-feira (26), a equipe vai se reunir com o secretário municipal de Saúde, Paulo Hirano”, adiantou Marcelo Feres.

 

Para a coordenadora do PSE, Catia Mello, a medida representa um grande reconhecimento para o município. “Sabemos que o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos é bastante criterioso. Ter o trabalho destacado como referência para o território nacional demonstra que estamos no caminho certo. O Programa Família na Escola vem colaborar com a aproximação dos responsáveis e da escola, possibilitando aumento na qualidade das ações com as crianças, bem como fortalecendo o vínculo e o respeito mútuo, tornando-os parceiros neste processo educacional”, disse Catia.

 

Segundo ela, Campos vai servir de referência para a implantação do projeto do governo federal em todo o país. “Devemos reconhecer e agradecer todo o apoio que temos recebido do prefeito e dos secretários de Educação e Saúde pela concretização deste Acordo de Cooperação Técnica entre nosso município e o Governo Federal. Mais um projeto por meio do Programa Saúde na Escola como referência Nacional é para se orgulhar”, comentou.

 

O anúncio do Programa foi feito em agosto, durante o webinário Família na Escola, promovido pelo PSE, com participação de Ângela, e transmitido pelo canal do Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE) da Seduct, no Youtube.

 

“Só tenho que agradecer pelo trabalho que vocês de Campos estão fazendo, por meio do PSE, com uma gente muito comprometida. Esse projeto piloto nasce em Campos, mas desejamos que ele possa ser replicado. É impossível chegar a cada aluno e a cada família, se não for pelos municípios. Nossas políticas públicas devem pensar na próxima geração e não na próxima eleição. Os pais são os primeiros protagonistas na educação dos filhos. Por isso, é importante convocarmos os pais para assumirem seu papel. Não podemos colocar esse dever/direito nas mãos do Estado. Sem a família na escola não há eficácia da educação. A melhor parceria para a educação é: família e escola juntas. Campos é exemplo para todo Brasil. A iniciativa de vocês é muito importante para nós e para o país. Vou passar o contato de vocês para outras secretarias/cidades, pois esse maravilhoso projeto é necessário em todo o país e vocês vão nos ajudar a replicar”, afirmou a secretária nacional.

 

Para Feres, não é possível falar em educação de qualidade se não tiver participação efetiva da família, não apenas do ponto de vista pedagógico, mas também oferecendo suporte social e sendo exemplo para os filhos.

 

“A realização desse projeto integra o Programa de Aprendizagem Eficiente, pensado para os próximos quatro anos. É na família que o processo educacional tem início e deve continuar. Pensamos a educação em várias dimensões: a principal delas é a do estudante que deve receber atenção integral. É exatamente o que estamos fazendo. Na questão da alimentação, por exemplo, estamos distribuindo kits de alimentação para todos os alunos da rede, pois temos muitos alunos vivendo em extrema pobreza. Temos a questão da saúde também. Qualquer situação que gere desconforto impede a criança de se concentrar e aprender. Por isso, o trabalho do PSE – reconhecido como de excelência pelo próprio governo federal – é tão essencial. E agora avançamos para a vertente Família na escola”, disse Marcelo.

 

PROGRAMA – As ações envolvidas no projeto acontecerão seguindo etapas de reconhecimento parental. Ou seja, qual lugar o responsável pela criança/adolescente ocupa no seio familiar; quem ele é enquanto pessoa humana; qual lugar a criança ocupa; como melhorar, estreitar as suas relações com a escola e seu papel enquanto instituição na vida da criança; e quem são família e escola enquanto instituições legais. Serão oferecidas oficinas pedagógicas; vagas nas modalidades esportivas em parceria com a Fundação Municipal de Esportes; integração com outras ações do PSE; além do Kit brincando em família – contendo brinquedos a serem utilizados em família, de modo a promover a interação com o núcleo familiar.

 

MODALIDADES – Dentre as modalidades esportivas que a Fundação Municipal de Esportes vai disponibilizar estão: natação, vôlei de praia e de quadra, futebol de salão, capoeira, jiu-jitsu, basquete, judô, handball, balé, skate e patins.

 

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email