Estado articula ações de ajuda humanitária para o Noroeste Fluminense

Governo do Estado está com equipes nas áreas mais atingidas desde o domingo (21)

O Governo do Estado, por meio das secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Saúde e Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, está com equipes no Noroeste Fluminense, desde o último domingo (21), para articular ações humanitárias junto aos municípios atingidos pelas fortes chuvas e a consequente cheia dos rios Carangola, Muriaé e Itabapoana. Bom Jesus do Itabapoana e Porciúncula foram as cidades priorizadas por terem sido as mais atingidas.

– A estrutura do Estado está mobilizada para atender o Noroeste do Rio de Janeiro, que contabiliza cerca de três mil desalojados após a forte chuva que atingiu a região no fim de semana. O protocolo do Plano Estadual de Contingência de Chuvas foi acionado, e as ações coordenadas já estão sendo postas em prática – ressaltou o governador em exercício Cláudio Castro.

As equipes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos prestaram assessoria e apoio na montagem dos abrigos e orientaram as prefeituras locais quanto ao termo de aceite para solicitação de cofinanciamento federal para o Serviço de Proteção em Situações de Calamidades Públicas e Emergências. Foram distribuídos aos abrigos provisórios municipais máscaras e álcool como medida de prevenção à Covid-19.

– Em virtude da previsão de chuvas moderadas a fortes para as regiões ainda nesta terça-feira (23), estamos em permanente contato com as gestões das cidades da região Noroeste, monitorando e prestando o atendimento necessário. A equipe estadual permanecerá de prontidão nos territórios e acompanhará as demandas durante todo o dia – afirmou o secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Bruno Dauaire.

Ao todo, em Bom Jesus do Itabapoana, há 53 desalojados e 13 famílias desabrigadas. No momento, dois abrigos provisórios estão em funcionamento na cidade. Já em Porciúncula, 80% do município foram atingidos pela cheia do Rio Carangola, e cerca de 126 famílias estão em situação de vulnerabilidade social. Até o momento, foram instalados quatro abrigos provisórios.

A equipe da Superintendência de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Sievs) da Secretaria de Estado de Saúde está em contato com as secretarias municipais da região para organizar o envio de materiais e medicações. As ações estão sendo feitas com interlocução junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (Cosems-RJ).

– Estamos aproveitando a entrega das vacinas hoje na Região Noroeste para fazermos reunião com prefeitos e secretários de Saúde das regiões atingidas. É importante vermos de perto as demandas dessas cidades para que possamos contribuir com o envio de materiais e medicações – disse o secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves.

Defesa Civil está em alerta

A Defesa Civil, por meio do Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), informa que os níveis dos rios da região já estão baixando, mas o monitoramento dos índices pluviométricos ainda segue em alerta. Em Porciúncula, o Corpo de Bombeiros está auxiliando na limpeza das vias principais da cidade. Além disso, a Secretaria de Defesa Civil auxiliou o município com documentação para reconhecimento de Situação de Emergência.

Neste domingo, foi anunciado que o Governo do Estado vai doar, em parceria com a LBV – integrante da Rede Salvar de Voluntários -, cerca de 1,2 mil litros de água, 200 cestas básicas e carros-pipa para as famílias afetadas pela elevação do nível do rio Carangola.

– Sobrevoei a região no domingo, estive nas áreas mais críticas e me reuni com representantes da administração municipal. O governador Cláudio Castro está atento à situação e disponibilizou a estrutura do estado para atender às necessidades da população local e auxiliar no processo de reestruturação – disse o secretário de Estado de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro.

Fonte: Governo do RJ

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email