Decreto institui home office em repartições da Prefeitura de Macaé

Medida pretende reduzir o fluxo de pessoas na cidade nesse período crítico da pandemia - Foto: Rui Porto Filho

A Prefeitura de Macaé instituiu nesta quarta-feira (17) a modalidade de serviço home office nas repartições públicas municipais. A medida, direcionada ao quadro de servidores efetivos da administração, tem como objetivo reduzir o fluxo de pessoas na cidade, que entrou na bandeira vermelha, como forma de evitar a disseminação e contágio local do coronavírus.

O decreto nº 064/2021 institui como regra prioritária a criação de uma escala semanal de trabalho, que alterna a execução de atividades de forma remota, com dias em que o servidor deverá comparecer ao local de trabalho.

A medida permite ao servidor escolher se deseja aderir a nova modalidade de serviço, sem que haja mudança na previsão de vencimentos, além de ter acesso aos equipamentos de uso pessoal de trabalho (notebook). No entanto, o decreto veda o pagamento de hora extra para quem aderir ao home office.

O decreto também prevê a permanência da jornada nas atividades que executam trabalhos externos. A secretaria adjunta de Recursos Humanos vai regulamentar as diretrizes das atividades por home office. As secretarias deverão fixar número e indicar os servidores que adotarão esse regime de trabalho.

Fonte: Secom/PMM

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email