Copa do Brasil: Gómez garante vitória do Palmeiras sobre o Grêmio

Zagueiro paraguaio marcou o gol da vitória do Palmeiras - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O Palmeiras derrotou o Grêmio por 1 a 0, em partida realizada na noite deste domingo (28), em Porto Alegre, e deu um passo importante na busca do título da Copa do Brasil. Com este triunfo, o atual campeão da Taça Libertadores fica com o título da competição mesmo se empatar, por qualquer placar, no confronto de volta. Como a disputa não tem gol qualificado, o Grêmio precisa vencer por qualquer placar com diferença de mais de dois gols para vencer a decisão no tempo regulamentar. Em caso de triunfo do Tricolor por apenas um gol de diferença, a Copa do Brasil será definida nos pênaltis.

O jogo de volta entre Palmeiras e Grêmio acontece no próximo domingo, no Allianz Parque, em São Paulo, a partir das 18h (horário de Brasília). Mesmo jogando fora de casa, o time paulista se impôs desde o início, e conseguiu criar a primeira boa chance com menos de um minuto de bola rolando, quando o uruguaio Matías Viña avançou sozinho, até cair perto da área após trombar com o argentino Kannemann, mas o árbitro nada marcou.

A segunda boa oportunidade de gol da partida surgiu apenas aos 25 minutos, quando Rony bateu falta direta da intermediária para defesa do goleiro Paulo Victor.
E na terceira chance do Palmeiras no confronto o gol saiu. Após cobrança de escanteio de Raphael Veiga aos 31 minutos, o zagueiro paraguaio Gustavo Gómez subiu sozinho para cabecear com força e abrir o placar.

Dois minutos depois o Grêmio tentou responder, mas o chute de fora da área de Alisson saiu ao lado do gol defendido por Weverton. Aos 40 minutos, o mesmo Alisson voltou a chegar com perigo. Porém, a chance mais cristalina da primeira etapa foi do Palmeiras. Aos 45 minutos Luiz Adriano recebeu, se livrou de Paulo Miranda e, sozinho diante de Paulo Victor, chutou por cima do gol.

A etapa final começou com a mesma dinâmica, com o Palmeiras assumindo o protagonismo, enquanto o Grêmio tinha dificuldades de criar oportunidades. E essa superioridade fica evidente aos 10 minutos, quando Raphael Veiga dominiu na ponta esquerda, se livrou de Paulo Miranda com um drible no meio das pernas e rolou para Rony, que, de dentro da área, chutou por cima do gol.

Mas o panorama da partida mudou completamente aos 19 minutos, quando o zagueiro Luan agrediu Diego Souza com uma cotovelada no rosto e recebeu cartão vermelho direto. Com um homem a mais em campo, o Grêmio assumiu o controle da partida. Logo depois uma boa oportunidade do Tricolor saiu dos pés do atacante Ferreira, que entrou no lugar do volante Maicon. O jovem recebeu de Diego Souza aos 28 minutos e chutou com perigo para defesa de Weverton.

O time da casa até conseguiu rondar mais a área do Palmeiras, mas criou muito pouco. A oportunidade mais clara veio aos 40 minutos, quando, após uma grande confusão na área do Verdão, Thaciano chutou com força. A bola foi desviada por Felipe Melo dentro da área. Os gremistas pediram pênalti, mas o árbitro não marcou nada, pois a bola bateu apenas na barriga do volante.

Depois, muito pouco aconteceu, e o Palmeiras conseguiu segurar a vitória de 1 a 0 até o final mesmo com um homem a menos. Vantagem importante para a partida de volta.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email