Início da aventura

Olá, queridos leitores dessa aventura que será escrever sobre arte e cultura em meio aos meus devaneios de pensadora/artista crítica, muitas vezes ácida, tantas vezes doce e quase sempre tudo misturado. Mas nunca bagunçado!

Nesse início de conversa convido vocês a me conhecerem um pouco.

É só ler minha descrição abaixo e somar uma boa dose de bom humor, um esquecimento de nomes e datas e uma curiosidade imensa sobre a vida.

Pronto. Já somos super colegas!

Em tempos de isolamento social o convite para escrever essa coluna me pega de surpresa, porque estamos vendo a potência da arte em nossas vidas, foram lives e lives e mais lives que nos alegraram em meio ao medo e as incertezas. Foram muitos os trabalhadores da cultura que usaram de sua profissão para aquecer os corações aflitos ou para esfriar os corações ansiosos. 2020 passou! O ano em que arte deixou de lado o discurso de que “arte não serve para nada”. Mas esse papo eu levo com vocês em outro momento. Hoje estou só convidando você para ser super colega!

 

 

 

 

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email