Com gol no final, Palmeiras bate o Santos e é campeão da Libertadores

A taça obsessão do torcedor do Palmeiras está nas mãos da equipe Abel Ferreira. Pela segunda vez em sua história, o Alviverde sente o sabor de conquistar a América: neste sábado (30), no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, o clube venceu o rival Santos por 1 a 0 e conquistou a Libertadores de 2020. Breno Lopes, aos 53 minutos do segundo tempo, fez o gol, de cabeça, que entra para a história. Antes deste sábado, o clube alviverde havia conquistado o torneio em 1999, com Marcos, Luiz Felipe Scolari e companhia.

A partir de agora, o Mundial de Clubes vira o grande compromisso do Palmeiras. O torneio da Fifa começará em 4 de fevereiro, com o clube brasileiro estreando no dia 7. Antes disso, o Alviverde enfrenta o Botafogo na terça-feira (2) e o Santos visita o Grêmio na quarta (3). Ambos os jogos são do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
Palmeiras 1 X 0 Santos Árbitro: Patricio Loustau (Argentina) Assistentes: Ezequiel Brailovsky e Diego Bonfa (ambos da Argentina) Quarto Árbitro: Dario Herrera (Argentina) VAR: Mauro Vigliano (Argentina)
Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Viña e Marcos Rocha (Palmeiras); Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Soteldo e Alison (Santos) Cartão vermelho: Cuca (Santos)
Gol: Breno Lopes, aos 53 minutos do segundo tempo
Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Viña; Danilo, Zé Rafael (Patrick de Paula), Gabriel Menino (Breno Lopes), Raphael Veiga (Alan Empereur); Rony (Felipe Melo) e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira.
Santos: John; Pará (Bruno Marques), Lucas Veríssimo, Luan Peres, Felipe Jonatan (Wellington Tim); Alison, Sandry (Lucas Braga) e Diego Pituca; Soteldo, Marinho e Kaio Jorge. Técnico: Cuca.

Fonte: Uol

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email