Cirurgias odontológicas para pacientes especiais são retomadas em Campos

Vereador Raphael Thuin (D) acompanhou retomada dos serviços, no Hospital Ferreira Machado

A equipe do Centro de Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais (Caope) voltou a realizar, nesta quarta-feira (10), cirurgias odontológicas no Hospital Ferreira Machado (HFM), em Campos dos Goytacazes, após quase três anos de interrupção. A retomada dos serviços é fruto de um pedido do presidente da Comissão Permanente de Pessoas com Deficiência da Câmara Municipal, vereador Raphael Thuin, ao presidente da Fundação Municipal de Saúde, Marcos Gonçalves, e ao diretor do HFM, o médico Arthur Borges, que cedeu o anestesista Jhonatas Fernandes para integrar a equipe do Caope.

A primeira paciente a ser beneficiada pelo atendimento cirúrgico foi B.M. G. 32 anos, que é portadora de doença neurológica e que aguardava há dois anos pelo procedimento. A cirurgia foi um sucesso. De acordo com Acilda Tavares Rangel, mãe da paciente, a filha vinha sofrendo há anos com problemas odontológicos e quando a equipe da Caope ligou avisando que ela seria a primeira a ser submetida à cirurgia, foi uma alegria imensa para a família, relatou Acilda para o vereador Raphael Thuin, que acompanhou a retomada dos serviços.

“Tem dias que ela chorava de dor e o mais complicado é que não existe um profissional qualificado nem na rede particular para atender às pessoas com deficiência. O retorno desse atendimento é primordial, não só para minha filha, mas para dezenas de pacientes que aguardam o procedimento”, explicou Acilda.

– É muito gratificante poder interceder, como vereador, pelo bem das pessoas com deficiência e observar a alegria dos pais da paciente, Alcilda e Joniel Rangel dos Santos, que há anos sofriam com a dor da filha. É inadmissível que um serviço tão importante como esse estivesse parado devido à falta de um anestesista. Aproveito para agradecer ao presidente da Fundação Municipal de Saúde, Marcos Gonçalves, e ao diretor do Hospital, Arthur Borges, que prontamente atenderam minha solicitação. A partir de agora, todas às quartas-feiras, as cirurgias serão realizadas no Ferreira Machado. A fila de espera supera a casa de 100 pacientes”, frisou Thuin.

O Caope já ajudou, em 26 anos de funcionamento, mais de 7 mil pacientes de Campos e municípios vizinhos como São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, Macaé, São Fidélis, Carapebus, Quissamã e Conceição de Macabu, que precisam de atendimento odontológico especializado. O atendimento ambulatorial acontece de segunda a sábado. das 7h às 19h, no Posto de Urgência (PU) de Guarus.

O atendimento é direcionado às pessoas que não têm condições do atendimento ambulatorial, portadores de síndrome de down, autismo, hanseníase, HIV, bem como doenças do coração, câncer, febre reumática, tuberculose, diabetes, entre outras, que precisam de um cuidado especializado, explicou o cirurgião dentista buco-maxilo-facial André Baars Baptista.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email