Cirurgias bariátricas são retomadas em Campos após quatro anos

Prefeito Wladimir Garotinho e a primeira-dama Tassiana Oliveira estiveram no Álvaro Alvim - Foto: César Ferreira

Após ser interrompida por quase quatro anos, as cirurgias bariátricas foram retomadas pela Prefeitura de Campos, nesta sexta-feira (3) e, de acordo com o Prefeito Wladimir Garotinho, não vão mais parar. O procedimento, totalmente custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), está sendo realizado no Hospital Escola Álvaro Alvim (HEAA), garantindo mais saúde e qualidade de vida aos pacientes.

“Daqui para frente não para mais. Primeiro, nós vamos zerar a fila de espera e, depois, incluir novas pessoas para que possam fazer a cirurgia”, declarou Wladimir durante visita à unidade hospitalar para desejar boa sorte e sucesso as duas primeiras pacientes submetidas à intervenção e ao médico Rodrigo Rios, responsável pelas cirurgias. O prefeito estava acompanhado da primeira-dama Tassiana Oliveira, e do subsecretário de Saúde, Marcos Gonçalves.

“É um pleito muito antigo. Há pelo mesmo 4 anos não é realizada nenhuma cirurgia pelo SUS em Campos e a gente fica feliz em conseguir retornar. Obesidade é uma doença e, inclusive, uma paciente me relatou que, por conta da obesidade, está com diabetes e pressão alta. Não é só questão de estética, mas de saúde”, disse Wladimir.

As primeiras pacientes foram Elídia Cristina da Costa Gonçalves, 62 anos, e Aline Ribeiro Rodrigues, de 32 anos. Elas receberam o prefeito ainda na enfermaria. “Estou muito feliz”, disse Elídia, que, por causada da obesidade, desenvolveu doenças como hipertensão, hérnia de disco lombar e cervical, além de problema no joelho.

“Há cinco anos que estou esperando para fazer a cirurgia. Deus colocou você como líder da nossa cidade e vai continuar te abençoando. Muito obrigada”, declarou Aline, que faz acompanhamento médico especializado por causa da obesidade desde os 15 anos.

A cirurgia paga pela Prefeitura utiliza a técnica videolaparoscópica, que é minimamente invasiva e permite uma recuperação mais rápida. Amanhã (sexta-feira, 04), Elídia e Aline já poderão voltar para casa.

O cirurgião Rodrigo Rios explica que a previsão é de que sejam realizadas 20 cirurgias por mês, uma média de cinco por semana. “Antes de ser interrompido, o serviço funcionava com a realização de cinco cirurgias por mês. Essa nova contratualização com a Prefeitura, de 20 cirurgias por mês, sem dúvida alguma, vai acelerar e até mesmo zerar essa fila nos próximos meses”, disse Rodrigo. Atualmente a fila é de quase 100 pacientes aguardando a cirurgia somente no HEAA.

 

PACIENTES TAMBÉM FARÃO A CIRURGIA REPARADORA

 

O retorno da realização de cirurgias bariátricas faz parte do Mutirão da Saúde, lançado oficialmente no dia 19 de novembro, ocasião em que o prefeito Wladimir anunciou que a Prefeitura também vai custear a cirurgia reparadora para todos os pacientes da fila de espera.

“Como estética também é importante, 18 meses após cirurgia a Prefeitura, também pelo SUS, vai dar a elas a cirurgia reparadora para que, além da saúde, elas tenham uma estética melhor”, afirmou o prefeito. Marcos Gonçalves destacou que “hoje é um dia histórico, muito importante para a saúde do município como um todo. A cirurgia bariátrica, ao contrário do que muita gente pensa e fala por aí, não é só estética”.

“Ela traz muitos benefícios para o paciente. Eu, como ortopedista, conheci muitos pacientes com problemas de coluna, joelho e quadril, que são articulações de carga. Esses pacientes sofrem muito, porque o peso ao longo do tempo leva ao desgaste das articulações e, fora outros problemas de comorbidades, como a diabetes, hipertensão, aumento de colesterol, de taxas que, após a cirurgia, são controladas”, exemplificou o subsecretário parabenizando o Prefeito por colocar a cirurgia como uma das prioridades do governo.

“Hoje é um dia que tem de ser comemorado, não só por nós gestores de Saúde, mas principalmente pelos pacientes que estão a tanto tempo na fila de espera aguardando pelo procedimento”, completou.

Fonte: Comunicação/PMCG

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email