Campos tem mais de 4 mil novos postos de trabalho em 10 meses

Decreto representa uma enorme evolução para a agenda de desburocratização e liberdade econômica no município - Foto: Aldo Vianna

Antes mesmo de terminar 2021, Campos já registra saldo positivo de 4.620 novos empregos gerados em 10 meses este ano, bem diferente de 2020, que terminou o ano com menos 1.295 empregos, consequência da pandemia da Covid-19, que paralisou atividades de vários setores produtivos. O levantamento é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Mesmo com o agravamento da pandemia, em 2021, em virtude da entrada da nova variante, ainda mais letal, o município vem se recuperando e acumulando saldos positivos, também, na abertura de novas empresas e cadastros de Microempreendedores Individuais (MEIs). Isso tudo em um ano que começou com salários atrasados e em dificuldades financeiras.

Entre os setores que mais geraram empregos, este ano, estão Serviços, Agropecuária, Indústria, Construção Civil e Comércio. Em 2020, os setores que mais perderam foram Serviços, Comércio, Construção Civil e Agropecuária. O único setor que terminou 2020 com saldo positivo foi a Indústria, com saldo positivo de 234 novos empregos. No ano passado, foram 22.097 admissões e 23.392 demissões.

Campos vem passando por processo de recuperação econômica com a retomada de várias atividades e a Prefeitura de Campos vem dando sua contribuição ao injetar, mensalmente, mais de R$ 80 na economia local com o pagamento do funcionalismo municipal. Este ano, o prefeito Wladimir Garotinho termina o ano tendo pago 15 folhas de pagamento, incluindo o mês de dezembro de 2020 e o 13° do mesmo ano, que não foram pagos pela gestão anterior.

Em dezembro, estão sendo injetados R$ 156,2 milhões, incluindo a segunda parcela do 13º deste ano, o pagamento de dezembro, além de férias e pagamento de dezembro dos profissionais da Educação. “A nossa expectativa é muito boa para o Natal deste ano. Estamos com decoração de Natal no Centro que atrai o consumidor; e a folha de pagamento da prefeitura tem um peso muito forte para essa injeção de recursos, principalmente, no Natal, que é a melhor data para o nosso segmento”, afirma o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/Campos), José Francisco Rodrigues.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mérida, ressaltou a importância do saldo positivo de empregos para Campos. “Campos vem recuperando a credibilidade de investidores e novas empresas estão se instalando no município. Só este ano, grandes redes instalaram filiais aqui e empresas daqui também expandiram seus negócios, abrindo novas filiais. Através da Subsecretaria de Qualificação e Emprego, também, estão sendo oferecidas vagas para cursos de capacitação e de trabalho”, informa o secretário.

Mérida lembra que, através de parceria entre a prefeitura e a CDL/Campos, foram montadas estratégias para atrair consumidores, como a Campanha Natal a Mil e, mais recentemente, o Happy Hour às quintas-feiras com artistas locais. “Este ano, além de ficarmos 10 meses com saldo positivo na geração de emprego, também, ficamos com boas posições na abertura de novas empresas e, também, com novos MEIs”.

Ele lembrou, ainda, que o município dispõe de ferramentas importantes para geração de emprego e renda, como o Fundo de Desenvolvimento do Município de Campos (Fundecam), o Espaço da Oportunidade, entre outros como  a Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja) para emissão de alvará automatizado, desburocratizando o processo de abertura de novas empresas, o município vem tornando mais célere a abertura de empresas; o Sistema Nacional de Emprego (Sine), que disponibiliza banco de dados nacional de emprego, e a Casa do Trabalhador, que oferece qualificação para gerar mão de obra especializada.

Fonte: SubCom/PMCG

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email